segunda-feira, 4 de abril de 2011

CALATONIA



É uma técnica de relaxamento profundo que leva à  regulação do tônus, promovendo o reequilíbrio físico e psiquico do paciente. Essencialmente falando a Calatonia baseia sua atuação na “sensibilidade táctil”, através da aplicação de estímulos suaves, em áreas do corpo onde se verifica especial concentração de receptores nervosos.
Desde 1950 a Calatonia vem sendo utilizada no Brasil, por vários profissionais, em especial nas áreas de saúde e educação Psicólogos, Médicos, Terapeutas Ocupacionais, fisioterapeutas, Massagistas. Fonoaudiólogos, Educadores, entre outros, os toques sutis utilizam-se do alto potencial da sensibilidade cutânea, para proporcionar  vivências  multissensoriais, ou seja,os
estímulos utilizados se fazem sentir tanto a nível físico quanto psíquico, atuando sobre a totalidade do organismo de modo restaurador.
Em São Paulo, Brasil já dispomos de relatos de profissionais de diferentes áreas sobre a utilização da Calatonia como recurso auxiliar na Pisicologia,
Medicina, Educação, Reabilitação Física, Fonoaudiologia, etc. Embora a utilização da Calatonia não vise resultados específicos (uma vez que a
reorganização psicofísica  é global, e  organismo reage à sua própria maneira individual  e única) esta técnica atua sobre uma variada gama de queixas diante das quais tem-se observado resultados bastante positivos. Por exemplo: tensão muscular, estresse, enxaquecas, asma, obesidade, alergias, distúrbios glandulares, dores, distúrbios de ordem psicossomática, etc..


Nenhum comentário:

Postar um comentário