segunda-feira, 3 de novembro de 2014

TRATAMENTO HOLÍSTICO PARA ANIMAIS

                                             NAMASTÊ


Hoje vou contar para vocês um trabalho que  venho realizando a algum tempo com sucesso. 

Quem conhece ou já fez a Mesa Radiônica ou Radiquântica sabe que ela é uma grande ferramenta quando se trata de alinhamento de frequências energéticas, na mesa podemos trabalhar uma variedade incrível de situações de forma a equilibrar as vibrações harmonizando pessoas, ambientes, etc.
A Mesa também permite ao terapeuta ou facilitador acoplar outras terapias como Florais, Cromoterapia, Reiki, Numerologia, Orações, Salmos, etc.; e ainda permite tratamentos à distância... e é exatamente esse que venho realizando com os animais tando domésticos quanto silvestres.
Com a ajuda da Mesa Radiônica consigo, mesmo distante, fazer os alinhamentos necessários, determinar o Floral mais indicado assim como a dosagem e tempo de administração, enviar vibrações de Reiki e Cromo, trabalhar o TFT, necessidade de uso das placas de radiestesia, e até mesmo trabalhar pontos de acupuntura a nível vibracional. 

Mas você deve estar pensando como isso é possível ? Para não me estender muito na explicação vou dar um exemplo bem simples: imagine que você está em uma sala de música com vários instrumentos, se um estiver desafinado ele se afina através da vibração dos outros instrumentos enquanto estão sendo tocados. Isto se chama Ressonância, nosso amigo Aurélio responde: 

"fenômeno pelo qual um corpo sonoro vibra ao ser atingido por vibrações produzidas por outro corpo. Transferência de energia de um sistema oscilante para outro quando a freqüência do primeiro coincide com uma das freqüências próprias do segundo."

Esse trabalho me proporciona uma alegria imensa, principalmente quando tenho o retorno do processo terapêutico e muitas vezes o animal respondeu ao tratamento muito mais rápido do que imaginava. Mas, aviso aos navegantes: nunca uso nenhum desses processos como alternativo e sim como preventivo ou coadjuvante com os tratamentos alopáticos (no caso aqui veterinário). 

Assim como os animais esses tratamentos também fazem sucesso
entre os Humanos e o melhor é que nem precisa sair de casa, os atendimentos podem ser feitos pelo Skype ou telefone na maioria dos casos, isso também não quer dizer que os tratamentos presenciais são dispensáveis, pelo contrário, alumas terapias ou em alguns casos existe a necessidade da presença do cliente. 
Tá querendo experimentar? É só entrar em contato e agendar um horário!
(11) 976314023 ou pelo mail: espacolux@hotmail.com

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Problemas de aprendizagem



Esse post eu dedico aos estudantes !

Fim do ano chegando e com ele uma avalanche de avaliações escolares! Claro, sempre tem aquela matéria que nós temos um pouco mais de dificuldade para assimilar, ai você estuda, estuda, estuda e está confiante que vai " se dar bem" na prova  afinal, você estudou pra caramba!!! Mas, eis que quando fica de frente com aquela  folha repleta de perguntas... esquece tudo! É o famoso "DEU BRANCO" 

Alguns problemas de aprendizagem são causados pela falta de concentração, memória, ansiedade, stress e até mesmo por traumas e medos. 
É ai que entra o  TFT - Thought Field Therapy (Teoria do campo de pensamento)
O TFT  trabalha medos, fobias, traumas, concentração, stress, ansiedade entre outros. De uma forma simples mas muito eficiente, com toques em pontos de acupuntura numa sequência específica para determinada questão ou numa sequência individual que será determinada através de testes pelo terapeuta. 

Essa técnica  de tratamento foi desenvolvida e aprimorada  pelo Dr. Roger Callahan desde 1979. Aplicada  em milhares de pessoas com os mais diversos sintomas como: medos, depressão, stress pós traumático, fobias, ansiedade, síndrome do pânico... com resultados incríveis. O TFT pode ser realizado em qualquer idade inclusive bebês e pessoas que estejam acamadas, sem restrições.
Eu costumo unir outras terapias ao TFT assim trabalhamos  o emocional com um aprofundamento do energético fazendo uso de florais, relaxamentos, mesa radiquântica, etc.; proporcionado um equilíbrio perfeito. 
Se quiser conhecer melhor o TFT ou outras terapias ou se trabalha numa escola e gostaria de atendimentos para os alunos é só entrar em contato! Estou à disposição para atendimentos e palestras:
(11) 5581 6026  (11) 97631 4023

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Galeria TFT


Agradeço a Direção, Coordenação, Docentes e Discentes da Eletrô de Mococa por ter me recebido para apresentação do TFT Terapia do Campo do Pensamento. Em especial aos discentes que foram participativos e interessados na Terapia, espero que o TFT seja uma "ferramenta" ativa no dia a dia de vocês.  Gratidão a todos que deste venham outros encontros.





















Galeria TFT


Agradeço a Direção, Coordenação e Docentes da ETEC Francisco Garcia  de Mococa por ter me recebido com tanto carinho para apresentação da Terapia do Campo do Pensamento (TFT) Gratidão Profunda a todos e espero que deste venham muitos outros encontros.






quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Galeria TFT

Agradeço ao  Sr. Tiago Chagas (Presidente) e toda a equipe de colaboradores e pacientes do Grupo Arco Íris de Mococa  pela oportunidade de estar apresentado o TFT (Thought Field Therapy - Terapia do Campo do Pensamento) nesse encontro cercado de  muita alegria e carinho! É gratificante ser recebida com tamanha atenção e cuidado e nesse astral alegre poder compartilhar um pouco do meu trabalho.
O meu MUITO OBRIGADA!  Estou sempre à disposição para novos trabalhos e atendimentos.



Galeria TFT

Agradeço a toda equipe Docente, Coordenação e Direção do COLÉGIO BARÃO DE MONTE SANTO DE MOCOCA pela oportunidade de levar essa ferramenta maravilhosa que é o TFT  aos alunos através de vocês! Adorei nosso encontro um grande abraço a todos.




quarta-feira, 6 de agosto de 2014

PALESTRA TFT

PALESTRA DE TFT - THOUGHT FIELD THERAPY
TEORIA DO CAMPO DO PENSAMENTO



Pessoal de Mococa e região nessa próxima semana (do dia 11 ao dia 15 de agosto) estarei fazendo palestras e atendimentos de TFT (Teoria do Campo do Pensamento) a do Grupo Arco Íris  ( Rua Cel. José Pereira Lima, 1700 - Mococa - SP) já está confirmada para dia 13 de agosto das 9:30 às 11:00hs e estou no aguardo de outras confirmações. O valor das Palestras será 1kg de alimento ou ração e quem participar ja vai aprender tratar dores e traumas. Quem desejar atendimento tem que agendar horário pelos tel: (19) 9 81889643 Tim ou (11) 976314023 Claro

terça-feira, 5 de agosto de 2014

TFT - Thought Field Therapy (Terapia do Campo do Pensamento)


É indescritível a alegria que se tem ao ver a satisfação das pessoas que conhecem e se tratam com o TFT. Temos só a agradecer ao Dr. Roger Callahan que ao longo desses 30 anos desenvolveu e aprimorou essa técnica maravilhosa com muita pesquisa, levando alívio e proporcionando uma melhor qualidade de vida a inúmeras pessoas ao redor do planeta. São milhares de histórias e depoimentos de agradecimento. Aqui segue mais uma do último livro do Dr. Callahan que nosso professor Leandro Percário está traduzindo:

                                     O Tempo fora distorcido

"No  começo  de  dezembro,  eu  recebi  um  encaminhamento  de  um  profissional 
preocupado  com  uma  paciente  idosa,  “Marie”,  que  foi  diagnosticada  com 
Transtorno  Obsessivo  Compulsivo  (TOC).  Isso  surgiu  imediatamente  após  a 
sua  cirurgia  coronária  uns  dois  ou  três  anos  atrás.  O  problema  parecia  girar 
entorno  da  crença  obsessiva  da  Marie  que  as  suas  filhas,  já  crescidas  e 
independentes,  (40  e  28  anos),  continuavam  pequenas  crianças;  Marie  se 
referia a elas como “pequeninas”  –  e acreditava que o senhor que morava com 
ela (Mike, seu marido) era o seu filho mais velho (41 anos). Ela também tinha 
dificuldade  em  reconhecer  a  sua  neta,  sempre  perguntando  quem  eles  eram 
quando a visitavam.
46
Na hora das refeições, ela preparava a mesa para cinco e ficava muito ansiosa 
quando  percebia  que  nenhum  dos  seus  “pequeninos”,  nem  o  seu  marido, 
tinham  voltado  para  casa  no  tempo  esperado.  Quando  o  Mike  procurava 
explicar a realidade da situação para a Marie, ela se tornava agressiva e brava, 
recusando-se a acreditar na versão que estava sendo apresentada a ela.
A  intervenção  psiquiatra  e  a  terapia  cognitiva  haviam  falhado  em  resolver  o 
problema  e os seus familiares começaram a acreditar que a falta de oxigênio 
no  seu  córtex  cerebral  –  como  consequência  da  cirurgia  anterior  –  era  a 
culpada.  O  transtorno  de  Alzheimer‟s  foi  colocado  em  pauta,  mas  eliminado 
posteriormente.  Finalmente,  uma  Ressonância  Magnética  realizada  mostrou 
uma  leve  deterioração  do  cérebro,  embora  ainda  dentro  dos  limites  do 
funcionamento cerebral normal. 
Quando  eu  visitei  a  Marie  e  o  seu  marido  Mike  na  sua  própria  casa,  para 
familiariza-me com a situação, eu, rapidamente, percebi que não se tratava de 
um Transtorno Obsessivo Compulsivo, mas o que eu podia chamar de “ilusão 
da distorção temporal.” O tempo, para Marie, parecia ter voltado em 25 anos, 
porém apenas na sua percepção familiar. Eventos cotidianos e situações eram 
claras  para  ela,  todavia,  quando  perguntava  pelos  seus  “pequeninos”,  ela  se 
referia  as  suas  filhas  crescidas  como  adolescentes  que  ainda  cursavam  a 
escola.  Além  disso,  quando  perguntava  do  seu  marido,  ela  pensava  que  ele 
estivesse no trabalho e o seu filho  a visitando, (quando, na verdade, ele estava 
a 3000 milhas, trabalhando em Londres).
Eu, então, expliquei para a Marie que gostaria de diagnosticá-la e tratá-la e que 
ela deveria pensar no seu problema o mais claramente possível. Infelizmente, 
Marie  vigorosamente  negou  que  ela  possuía  um  problema  e,  portanto,  não 
podia  pensar  nele.  Em  um  momento  de  inspiração,  eu  pedi  à  Marie  que 
pensasse nos seus “pequeninos” na escola.
Primeiramente,  eu  deduzi  que  a  sequência  de  tapping  para  TEPT  era 
apropriada. Não obtive resultados, visto que o problema da Marie era a cirurgia 
traumática  feita  anteriormente.  Eu,  então,  continuei  com  o  processo  de 
diagnóstico e encontrei uma outra sequência de  tapping  e uma mini Reversão 
Psicológica para a Marie. Depois de completar a sequência, Marie não mostrou 
mais nenhuma  expressão de aflição sobre os seus “pequeninos” e seu marido, 
que estava sentado ao seu lado.
Apenas para ter certeza, eu medi os resultados questionando a Marie.
47
Eu perguntei  a  ela sobre os seus “pequeninos” da  escola. Instantaneamente, 
ela me falou dos seus netos e o quanto ela os adorava. Quando eu perguntei 
quem era o senhor gentil que sentava perto dela, ela respondeu “meu marido.”
Para testá-la mais profundamente, eu a confrontei e a acusei de negligenciar 
“as suas próprias filhas que esperavam que a mãe as buscasse na escola.” Ela 
então se desculpou por me contradizer, porém apontou que elas não poderiam 
estar na escola, visto que as duas possuíam trabalho.
“Quem são os seus „pequeninos‟ então?” Eu perguntei a ela.
“Meus netos”, ela respondeu com rapidez.
Eu continuei com esse estilo assertivo de perguntas, todavia nenhum traço da
ilusão de distorção temporal pode ser reativado. O Mike pediu então para fazer 
perguntas  a  Marie  ele  mesmo,  e  ficou  maravilhado  quando  testemunhou  a 
completa resolução do problema. Um fato notável, também, foi que a resposta 
agressiva  dela  quando  confrontada  desta  forma  havia  desaparecido.  Marie 
pediu desculpas se alguma vez  enganou alguém,  o que  ela tinha certeza que 
não.  O  seu  marido  comentou  feliz  sobre  a  tranquilidade  de  sua  mulher  em 
responder às perguntas. 
Apenas para completar o tratamento, eu testei a Marie para várias toxinas  –  e 
descobri uma sensitividade para o café, açúcar e sacarina. Eu aconselhei a ela 
para manter distância destes itens, no qual o seu marido prometeu  monitorar 
na dieta dela.
Marie  está  agora  quase  completamente  livre  do  seu  problema,  com  apenas 
pequenas recaídas ocasionais que melhoram imediatamente ao serem tratadas 
novamente.
Discutindo  o  caso  com  o  Dr.Callahan,  nós  concordamos  que,  na  verdade,  o 
real fato que deu base para o problema foi a sua exposição às toxinas  –  neste 
caso, o gás anestesiante usado durante a sua cirurgia. Esta exposição também 
aumentou a sua sensibilidade para  outras toxinas, o que,  inicialmente, pareceu 
não gerar problema algum para a Marie.
Tais delírios  podem facilmente ter origem em  grandes  cirurgias  ,  assim como  o 
surgimento  da ansiedade. O fato  de o TFT ter  sido bem sucedido nesse caso 
aponta para uma explicação totalmente diferente da que os médicos costumam 
dar,  como,  por  exemplo,  diagnosticar  “degeneração  cortical”  para  os  que 
apresentam sintomas de demência."
- Iam Graham

Se você se interessou pela Terapia pode encontrar mais informações bem como terapeutas brasileiros no site: www.tftbrasil.com.br 
Quer um atendimento comigo? ou talvez uma Palestra? 
Entre em contato: (11) 55816026 ou (11) 976314023 
Presencial ou Skype 

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Xixi na cama nunca mais!

 

 

 

XIXI NA CAMA NUNCA MAIS!
Ah! O sonho de qualquer mãe! Rs
Algumas mães tem muita dificuldade em fazer com que as crianças deixem de usar fraldas mesmo com incentivos estratégicos.  Isso acontece ou porque a criança ainda não se encontra no período ideal para a retirada de fraldas (que varia entre 3 a 5 anos) ou porque tem medo e esse medo pode estar sendo gerado por vários motivos.
 
Algumas crianças até deixam de usar as fraldas e depois de um  certo período voltam a fazer xixi sem fazer uso do banheiro, isso ocorre na maioria das vezes à noite (Enurese secundária) ou no período em que a criança dorme, mas as vezes, a criança por algum motivo acaba fazendo na roupa mesmo durante o dia enquanto está brincando ou realizando suas tarefas diárias.
Conclusão: a mãe acaba ficando irritada toda vez que isso acontece,  a paciência vai chegando no limite e a mãe se sente deprimida quando o “estoque” de estratégias chega ao fim e ela não conseguiu resolver o problema. Sem contar que por vezes, na tentativa de resolver esse problema, os pais  acabam repreendendo a criança de forma que acabam deixando-a mais angustiada.
Então qual seria a saída para que meu filho (a) consiga se livrar das fraldas?
 
Bem, quando a criança frequenta a escola fica mais fácil porque a professora sempre conta com o exemplo dos coleguinhas para incentivar a criança a deixar o uso das fraldas, os banheiros são adaptados para o uso infantil, ou seja, os vasos e as pias são apropriados para o tamanho deles e existem atividades que podem ser aplicadas para orientar a criança ajudando-a nesse processo. Os pais em casa podem auxiliar no controle miccional fazendo com que a criança interrompa a micção por alguns segundos (isso estimula o esfíncter- músculo da bexiga), o uso do adaptador para o vaso também ajuda bastante uma vez que a criança se sente segura e não precisa ficar se equilibrando no vaso para adultos, etc.
 Mas, se mesmo assim a criança tem dificuldade é bom procurar auxílio de um profissional para verificar as causas que podem ser tanto emocionais/psicológicas como orgânicas.
Na área de terapia podemos contar, entre outras, com a ajuda dos Florais.
Os  Florais de Bach  agem no sistema energético do indivíduo auxiliando nas condições psíquicas harmonizando e reequilibrando o ser, produzindo transformações sutis e determinando alterações positivas, por ser uma terapia vibratória não tem contra indicação e não produz efeitos colaterais. Se o problema for causado por algum fato psicológico (um susto, uma briga, um medo desconhecido, etc.) a mamãe ainda pode contar com a ajuda do TFT.
O TFT  (Thought Field Therapy – Teoria do Campo do Pensamento)  é uma terapia muito simples de ser aplicada (com taping - toques em pontos específicos de acupuntura) não tem contra indicação e nem efeitos colaterais podendo ser aplicadas até mesmo em bebês. A eficácia do TFT é de mais de 90% já no primeiro atendimento dispensando tratamentos prolongados e gastos desnecessários e quando o terapeuta usa a terapia TFT aliada aos Florais os resultados são ainda melhores.
Se você deseja um atendimento entre em contato e agende um horário!
F: (11) 55816026 / (11) 976314023
Gostou? Deixe seu comentário

segunda-feira, 31 de março de 2014

Plantas na culinária

Há várias plantas perigosas e com potencial toxidade para gestantes.

     Umas plantas podem provocar deformações do feto. Exemplo é a quina verdadeira (Cinchona calisaya). Desta planta se retira um alcalóide chamado quinino. Assim, esta planta é teratogênica (provoca deformações no feto).

     Outras plantas podem causar problemas sérios como hepatotoxicidade em fetos. Exemplo: é o confrei (Symphytum officinale). Esta planta causa venooclusão no fígado da mãe e do feto. No confrei há alcalóides pirrolizídicos. Esta é uma substância com esta propriedade tóxica reconhecida pela ciência.

     Outros grupos de plantas podem provocar aborto por agir sobre o útero. São as plantas com propriedades emenagogas (emeno = menstruação e, agogôs = o que conduz; assim: são plantas que fazem a mulher menstruar). Neste grupo de plantas estão (cito algumas para exemplificação):
     • Calêndula (Calendula officinalis);

Flor da Calêndola e abelha.

• Canela (Cinnamonium verum);
• Funcho (foeniculum vulgare);
• Linhaça (linum usitatissimum);
• Menta (Mentha piperita);
• Alecrim (Rosmarinus officinalis);
• Sálvia (Salvia officinalis).
     Contudo, há plantas que agem sobre o feto sem provocar aborto. Pode-se citar parto prematuro, malformação e peso baixo ao nascer. Dentre estas plantas podem-se citar duas muito usadas pelos humanos. O guaraná (Paullinia cupana) e a erva mate (Ilex paraguayensis). Esta última planta é muito usada no sul do Brasil. A erva mate é a erva que os sulistas usam para fazer o chimarrão.

     Em relação às plantas usadas na culinária, pode-se dizer que possuem óleos essenciais voláteis. Estas substâncias podem facilmente atingir o sistema nervoso central e ainda ter ação potencial para estimular a contração uterina e assim, causar aborto.

      Plantas que agem sobre o sistema nervoso central podem comprometer o desenvolvimento ou causar outros problemas. Um exemplo: o poejo (Mentha pulegium) que além de causar aborto e ser hepatotóxico; é neurotóxico.
Dentre estas plantas estão:
• Alecrim – Rosmarinus officinalis;
• Tomilho – Thymus vulgaris;
• Sálvia – Salvia officinalis; (abaixo)


• Orégano – Origanum vulgare;
• Menta – Mentha piperita;
• Manjericão – Ocimum spp.
     Contudo, vale destacar que estas plantas só foram citadas e serviram de exemplificação e não são as únicas que apresentam problemas ao serem ingeridas por grávidas indevidamente.

     Na gravidez use uma regra de ouro: fique longe de plantas medicinais. Se for usar qualquer tempero utilize-o em pequenas quantidades e evite usá-lo constantemente.

     Lembre-se que todas as plantas são em potencial perigosas e em especial na gravidez.


* Por Gilson Giombeli
www.harmonianatural.com.br

Afinal, para que serve o TFT?


segunda-feira, 24 de março de 2014

SÍNDROME DO PÂNICO, TEM CURA?



A Síndrome do Pânico é uma doença que se desenvolve mais em mulheres do que homens e as primeiras crises se desencadeiam  normalmente nos jovens entre 15 a 20 anos. Isso não quer dizer que um indivíduo não possa apresentar uma crise do pânico na idade madura. Os sintomas normalmente são medo intenso, desespero, falta de ar (sensação de sufocamento), sudorese (suor excessivo), taquicardia (coração disparado), vertigem...
As vezes as pessoas passam anos e anos sofrendo  com as crises, acabam deixando de viver porque não conseguem sair de casa, o pânico causa um acúmulo de  limitações  e com isso  as pessoas que sofrem da síndrome acabam desenvolvendo outras patologias.
Leia o caso abaixo e veja como o TFT pode ajudar nos casos de fobias, medos, ansiedade, síndrome do pânico e outros:


Livre do Pânico e Vivendo a Vida Plenamente

Depois de vivenciar um tremendo trauma na minha vida, eu, eventualmente, me encontrei num estado de sofrer terríveis ataques de pânico. Desde 1998, eu não conseguia ficar na fila do banco ou do supermercado sem sentir pânico, chagando até ao ponto de desmaiar. Eu entrava em pânico só de pensar em pegar um trem ou um ônibus – me sentindo presa pela pressão de todas aquelas pessoas.
 
Eu raramente compartilhava a minha dor com alguém, mas um dia, uma cliente minha do salão de cabelereiro me deu um voucher para um psicólogo que conduzia sessões de TFT pelo telefone. Uma mensagem no voucher dizia que isso iria mudar a minha vida. Se eu apenas, pensei eu, isso puder se tornar verdade!

Eu lembro de me sentir estranha falando ao telefone e dando batidinhas em mim. Eu não consigo trazer a tona os meus sentimentos interiores, pensei. Assumindo, brevemente, que isso nunca poderia funcionar, eu terminei a minha sessão por telefone e andei lá fora para tomar um pouco de ar. Eu sentia meu corpo muito relaxado e tranquilo!

Dois dias depois, eu fui ao banco – esperando aquele sentimento familiar de pavor. Maravilhada, eu não senti nada além de calma.

Durante seis anos livre do pânico, o TFT mudou a minha vida.

Mas, para mim, o trauma que originou os meus ataques de pânico voltou com toda força quando eu sofri um aborto espontâneo e fui diagnosticada com câncer cervical durante outra gravidez – eventualmente perdendo meus sonhos de ter filhos novamente. Meu pai cometeu suicídio. Então, quando a minha madrasta morreu tragicamente, eu me encontrei perto de surtar e de entrar de novo no estado de pânico.

Devido ao TFT ter promovido o meu alívio durante esses seis anos, eu telefonei para o mesmo profissional de TFT que me atendera previamente e – de novo – o TFT salvou a minha vida.

Mesmo hoje, o TFT continua a me ajudar.
Infelizmente, eu fui diagnosticada com uma doença extremamente rara - Mal de Debarquement – uma doença crônica diferenciada pela sensação persistente de estar em movimento - dificultando manter-se em equilíbrio -, fadiga extrema e falta de concentração. Não bastando, a doença vem com uma dose extra de ansiedade.

Para amenizá-la, eu praticava a sequência de Pânico/ansiedade todos os dias antes do trabalho, e é por causa do TFT que eu continuo a trabalhar.

É graças ao TFT que eu tenho sobrevivido nos últimos anos – mesmo com essa doença debilitada. Quando viram os resultados extraordinários em mim, meus médicos e psicólogos começaram a se interessar pelo TFT.
Eu sei que, seu eu não tivesse o Mal de Debarquement, minha ansiedade nunca voltaria. Por isso que o TFT é maravilhoso e eu o recomendo a todos. Eu falei até mesmo com os meus vizinhos sobre a sequência de ansiedade e eles ficaram atônitos com os resultados instantâneos.

Obrigada, Dr. Callahan, por proporcionar a tantas pessoas o poder de curar a si mesmas com essa simples técnica.

O TFT é uma técnica simples mas de grande ajuda. E se eu te dissesse que você também pode usufruir desse tratamento maravilhoso e que em apenas um atendimento você conseguiria controlar seus medos, resolver seus traumas, aliviar suas dores, seu stress, fobias e muito mais? Pois pode. Tem interesse?  Eu atendo com hora marcada é só entrar em contato! Na sua cidade não tem um terapeuta de TFT ? Faço atendimento combinado.
Tel.: (11) 976314023 / (11) 55816026 / (19) 981889643

 ***Esse texto foi retirado do livro:

                                   Estimulando os Caminhos da Energia do Corpo

É o último livro lançado pelo Dr. Roger  e Joanne Callahan sobre o TFT (Thought Field Therapy - Terapia do Campo do Pensamento) uma compilação de casos tratados por terapeutas de TFT.
Tradução: Leandro Percário.

sexta-feira, 14 de março de 2014

Terapia TFT



 
Não é Uma Terapia onde só se ‘Conversa’


Quando um garoto de 17 anos de idade foi parar em uma cadeira no meu escritório, eu soube, naquele momento, que o TFT era a melhor terapia para ajudá-lo. Vítima de violência pelo seu "cuidador", ele é um garoto Africano – americano quieto, muito engajado e educado!
Ele também nasceu com Síndrome de Down e Autismo.

Vive com seus pais e a sua pequena irmã em Los Angeles e, para se comunicar, usa a língua dos sinais e um quadro branco para soletrar, letra por letra, qualquer palavra que ele queira dizer – como sua produção verbal nem sempre combina com o que ele quer dizer. Ele também usa a linguagem dos sinais (soletrar pelos dedos) e um pouco da Linguagem Americana dos Sinais.

Por causa do nível moderado de retardo mental que ele tem, eu sabia que a terapia tradicional não iria ajudá-lo a se recuperar do trauma. De fato, a terapia tradicional, que usa da fala, nunca é usada por mim para tratar indivíduos com deficiências cognitivas. Todavia, eu descobri que o TFT pode ter um efeito rápido e efetivo.
 
Na nossa segunda sessão eu coloquei o TFT em ação, tendo preparado os pais para a aproximação diferenciada, ainda não verbal, que eu havia planejado. Esse jovem precisava de um modelo, de assistência do pai e encorajamento para participar do tapping, mas ele não queria ser, definitivamente, a única pessoa da sala que não estava usando o tapping!

Eu pedi para que o pai fizesse a sequência inteira do tapping enquanto focasse no trauma e depois passasse o tratamento para o menino, tocando-o após o primeiro tratamento.

Depois de apenas uma sequência, ele foi capaz de aplicar a sequência em si mesmo.  
Após a terceira sequência de tapping – na verdade, antes de terminar a sequência final – ele começou a bocejar e a dar risadinhas. Eu soube, então, que ele estava se sentindo melhor.
Apenas para checar seu progresso quanto ao trauma, eu pedi para que ele pensasse novamente no evento traumático, ele sacudiu a cabeça e riu. O trauma tinha acabado.

Concluindo a sessão, enquanto eu estava levando-os para a saída, ele virou, pegou a minha mão firmemente e a sacudiu dizendo, "Bom trabalho!"

Seus pais me olharam maravilhados! Ele nunca tinha feito isso antes! Entretanto, eles sempre diziam para o menino, "Bom trabalho", quando ele fazia algo bem, só que nunca tinham o visto usar esse termo, principalmente no contexto certo!
Desde aquele dia, sempre que estávamos em uma sessão e ele sentia que precisava de ajuda, começava a aplicar o tapping no ponto da sobrancelha (is) e assim seguindo a sequência em diante. Quando ele começava a bocejar eu sabia que nós havíamos concluído.

Ele não tinha pedido para que eu perguntasse o que o estava incomodando, primeiramente, porque eu não precisava saber – e também porque usar palavras desse modo era difícil e tedioso para ele.

Seus pais estavam excitados com a sua melhora e aprenderam muito sobre o TFT e a sua aplicação para os seus próprios traumas e raiva a cerca do evento traumático. É claro, eu estava completamente emocionada com o efeito do TFT e a alegria do seu espírito.  
 
- Nara J.Baladerian, PhD

 ***Esse texto foi retirado do livro:

                                   Estimulando os Caminhos da Energia do Corpo

É o último livro lançado pelo Dr. Roger  e Joanne Callahan sobre o TFT (Thought Field Therapy - Terapia do Campo do Pensamento) uma compilação de casos tratados por terapeutas de TFT.
Tradução: Leandro Percário.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Thougth Field Therapy


           Levantando-se Contra o Trauma
Mais de 20 anos atrás, em um encontro com o seu namorado de 18 anos de idade, "Bárbara" tinha sido estuprada. Na ocasião, ela tinha apenas 13 anos de idade.

Nos anos seguintes ao acontecimento, trauma severo, imagens violentas e baixa autoestima causaram sofrimento contínuo. Quando ela atingiu os seus 30 e poucos anos, Bárbara teve problemas com drogas e álcool. Ela sofreu severos ataques de depressão, com intentos suicidas. E ela exibiu um número de outros sintomas que os médicos categorizaram como uma depressão grave com distúrbio bipolar, dependência de drogas e com uma personalidade incerta.
Ela recebeu tratamento de várias casas de reabilitação – ambas residenciais e ambulatoriais -, mas ela continuava parecendo mal, quando eu olhei para ela pela primeira vez.

No momento em que a Bárbara conversou comigo sobre o estupro, ela pareceu estar "revivendo" ele de alguma forma. Ela chorou e demonstrou profundo remorso – se referindo a si mesma em termos negativos. Eu rapidamente a detive quando começou a descrever o episódio, com os cheiros, os sons, os sentimentos tangíveis. Depois que ela se acalmou eu disse a ela que estava trabalhando com uma nova técnica – Terapia do Campo de Pensamento – que poderia ajudar a aliviar a dor que ela sentia toda vez que se lembrava do acontecido.

Ela queria dar-se uma chance.
 
Com alguns minutos tratando-a para Reversão Psicológica (RP)* e aplicando a sequência básica de tapping para trauma, Bárbara não sentiu mais dor quando reviveu a memória.

Entretanto, o que me deixou mais maravilhado foi o fato que as crenças de Bárbara sobre si mesma e sobre o incidente foram, simultaneamente, transformados. Por exemplo, eu perguntei a ela o que ela pensava sobre o evento e ela respondeu num tom quase casual que isso tinha sido "apenas algo que aconteceu na infância." Eu até mesmo cutuquei mais um pouco para testar o resultado perguntando em um tom acusador, "Você não acha que também foi culpada? Você não acha que isso foi por sua causa?".

Sua resposta para mim foi em um estado imóvel e suave, "Não, eu não acho que fui culpada. Eu era só uma criança".

Essa mudança foi quase além do inacreditável! Momentos antes ela tinha lamentado amargamente sobre a pessoa má que ela era, e agora aquela pessoa cheia de ódio de si tinha desaparecido completamente!

Mesmo uma semana depois do tratamento, ela contou que continuou a se sentir neutra com relação ao estupro. Ela contou que testou isso algumas vezes ao longo da semana pensando no estupro, mas que ela continuou calma.

Anos depois, eu vi a Bárbara e ela continuou bem. Hoje, ela não é mais dependente das drogas e do álcool e a sua autoestima parecia estar cada vez mais alta.
*Reversão Psicológica (RP) é um bloqueio ou reversão do curso de energia pelos caminhos de energia do corpo (meridianos). Ela atrapalha o sucesso de qualquer tipo de tratamento. A RP pode ser facilmente eliminada através do tapping no ponto da lateral da borda da mão, à meia altura, sendo feito antes das sequências de tapping para doenças e distúrbios. Os profissionais do TFT sempre testam para RP primeiramente.

Ela tirou o seu mestrado em trabalho social, se tornou licenciada e começou a trabalhar como psicoterapeuta. Ela também se envolveu na administração da Associação Nacional de Trabalhadores Sociais (National Association of Social Workers), organizando as conferências.

- Fred P.Gallo, PhD

***Esse texto foi retirado do livro:

                                   Estimulando os Caminhos da Energia do Corpo

É o último livro lançado pelo Dr. Roger  e Joanne Callahan sobre o TFT (Thought Field Therapy - Terapia do Campo do Pensamento) uma compilação de casos tratados por terapeutas de TFT.
Tradução: Leandro Percário.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Thought Field Therapy

 
O TFT (Terapia do Campo do Pensamento) é uma terapia que utiliza os pontos de acupuntura (sem agulhas), pode ser aplicado para Traumas, medos, fobias, dores, amenizar efeitos colaterais de medicamentos, como auxiliar nos tratamentos de câncer, stress, ansiedade, etc.. Sem limite de idade podendo ser utilizado até mesmo em bebês e animais com resultados de mais 90% de eficácia no primeiro atendimento.
Agende seu horário: (11) 55816026 /  (11) 976314023

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Você sabe o que é TFT ?

 

TFT - Thought Field Therapy (Teoria do campo de pensamento)

 Foi descoberta em 1979 quando o Dr. Roger Callahan atendendo uma de suas pacientes que tinha fobia extrema de água, pediu que ela desse umas leves batidinhas abaixo do olho (no Ponto E2 - meridiano do estomago) devido a náusea que estava sentindo. Depois de alguns segundos batendo onde o Dr. Callahan indicou ela disse que seu medo havia acabado.
O acontecido  deixou o Dr. Callahan intrigado e hoje após 30 anos de pesquisa intensa com vários tipos de doenças e resultados incríveis o TFT é um método de tratamento.
O TFT pode ser aplicado para dores, medos, ansiedade, traumas, stress pós traumático, etc.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Semente de Linhaça

 • Nomes populares: Linhaça, linho.
     • Nome científico: Linum usitatissimum
     • Família: Linaceae
     • Origem: Europa e Ásia
     • Parte utilizada: Sementes

     PRINCÍPIOS ATIVOS:
     • Mucilagens (Ácido galacturónico, 7 a 12%);
     • óleo gordo (cerca de 40% de ácidos gordos insaturados – ômega 3 e ômega 6);
     • proteínas (cerca de 23%);
     • lignanas (isolaricirresinol, pinorresinol, secoisolaricirresinol e matairresinol);
     • sais minerais e
     • heterósidos cianogenéticos (linamarina, linustatina e nicolenustatina).
     • Destaque para a presença de uma enzima chamada de linamarase.
     LINHAÇA E COMISSÃO E (ALEMANHA)
     A Comissão E Alemã corresponde a Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), do Brasil.
     Em monografia da Comissão E Alemã é indicada a semente de linhaça para:
     1. Constipação crônica;
     2. Irritação do cólon;
     3. Diverticulite e
     4. Como cataplasma para processos inflamatórios locais.
     LINHAÇA E OS FITOHORMÔNIOS
     “As sementes de linhaça possuem o diglucóside secoisolaricirresicol que pela ação das bactérias da flora intestinal origina duas ligninas com propriedades estrogênicas, o enterodiol e a enterolactona.” (Cunha, 2007).
     Contudo, em outra obra encontra-se uma referência de que esta ação é fraca. Veja: “A semente de linho contém lignanos, que exibem fraca atividade estrogênica.” (Feltrow, 2000).
     CUIDADOS ESPECIAIS
     A linamarina é hidrolisada nos intestinos e libera o ácido cianídrico. Embora, há pouco risco de intoxicação, mas, o ácido cianídrico é altamente tóxico.
     Observação: a ingestão da semente íntegra não é liberada a linamarina.      Observar que a linamarase potencializa a liberação do ácido cianídrico.
     CONTRA-INDICAÇÕES
     A semente de linhaça é contra-indicada para os seguintes casos:
     1. Estenose esofágica, pilórica ou intestinal.
     BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
     Cunha, A. da Proença, et al.; PLANTAS NA TERAPÊUTICA – FARMACOLOGIA E ENSAIOS CLÍNICOS; Fundação Calouste Gulbenkian; Lisboa – Portugal; 2007. Págs. 305 – 306.
     Feltrow, C. W.; Avila, J. R.; MANUAL DE MEDICINA ALTERNATIVA PARA O PROFISSIONAL; Guanabara/Koogan; Rio de Janeiro; 2000; págs. 457 – 460.

* Por Gilson Giombeli
www.harmonianatural.com.br